Preso pela morte de personal trainer deixado na calçada da casa dos pais, ele é acusado de feminicídio | Rio Grande do Sul

Débora Michels era personal trainer e foi morta pelo companheiro em Montenegro — Foto: Reprodução

Segundo a acusação do Ministério Público, Gunsch matou Débora estrangulando-a e depois deixou o corpo na calçada da casa dos pais. Reviva o crime abaixo.

O anúncio foi feito pela advogada do arguido, Daniela Schneider Couto g1 que não comentará porque não teve acesso à investigação e que ainda não há relatório oficial. Alexsandro está preso na Penitenciária Estadual de Canoas.

O arguido responde por homicídio qualificado, com a qualificação de feminicídio – crime cometido contra a mulher no âmbito da violência doméstica e familiar -, motivo vil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima . Ele foi indiciado pela polícia no início da semana e denunciado pelo Ministério Público na última quarta-feira (7).

Segundo o delegado, Gunsch cometeu o crime na casa do casal, por volta das 3h da manhã do dia 26 de janeiro, de forma premeditada, sufocando, levantando Débora do chão até ela desmaiar.

O motivo seria “irrecessão com fim do relacionamento”, diz a denúncia. Pouco depois, Gunsch abandonou o corpo em frente à casa dos pais de Débora, enrolado em um cobertor.

“O motivo repugnante caracteriza-se, segundo a denúncia, pelo sentimento de posse da vítima por parte do réu. A morte, segundo a certidão de óbito, foi causada por asfixia mecânica”, afirma o TJ.

Ele foi preso preventivamente dois dias após o crime. Ele confessou à polícia que matou a vítima. Segundo ele, os dois começaram a discutir em casa, mas a discussão acabou virando uma briga com agressões mútuas.

Gunsch disse que jogou seu companheiro contra um móvel. Ele teria perdido a consciência. Posteriormente, ele teria levado a mulher para receber tratamento médico, mas, ao perceber que ela não apresentava sinais vitais, decidiu deixá-la na calçada, em frente à casa dos pais dela.

Débora tinha 30 anos e namorava Alexsandro há 10 anos.

+ There are no comments

Add yours