Operação Desmanche: homem é preso em Pelotas

A Secretaria de Segurança Pública lançou, nesta terça-feira (2/6), a operação Desmanche, no município de Pelotas (RS). Aos 135.A A edição da força-tarefa fiscalizou uma empresa onde foram apreendidas cerca de 10 toneladas de peças e carcaças de automóveis. Um indivíduo foi levado à Delegacia de Polícia (DP).

A Operação Desmanche tem como objetivo coibir o comércio ilegal de peças automotivas de origem suspeita, ajudando indiretamente a reduzir furtos e furtos de veículos no Rio Grande do Sul.

No local da fiscalização, na manhã de hoje, um indivíduo foi preso por adulterar o chassi de um veículo. O homem é suspeito de vender ilegalmente peças e acessórios automotivos. Até o momento, estima-se que 10 toneladas de material tenham sido apreendidas.

Criada em 2016, a força-tarefa tem gestão permanente da SSP e é composta pelas cinco instituições vinculadas ao departamento. Hoje a ação em Pelotas contou com a participação de 30 funcionários, integrantes da Brigada Militar (BM), do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), da Polícia Civil (PC), do Instituto Geral de Perícia (IGP), do DetranRS e da mesma SSP .

Faça sua parte: denuncie

O objetivo da operação realizada esta manhã, em Pelotas, foi apurado pelos serviços secretos das forças de segurança, a partir de denúncia anônima. O SSP disponibiliza canais através dos quais os cidadãos podem denunciar qualquer atividade irregular. As reclamações podem ser apresentadas através do telefone 181 (Disque-Denúncia) ou através do formulário disponível no lugar pasta (Relatório Digital 181). A confidencialidade é garantida.

Texto: Anna Emília Soares – Ascom SSP
Comentário: Elen Azambuja – Ascom SSP

+ There are no comments

Add yours