O piloto do ultraleve que caiu no litoral do Rio Grande do Sul morre no hospital

Estimated read time 2 min read

Poucas horas depois da queda de um ultraleve em uma praia do litoral gaúcho, o piloto de 54 anos morreu no hospital.

Bombeiros do RS resgataram vítima de helicóptero |  abc+



Os bombeiros do RS resgataram a vítima de helicóptero

Foto: CBMRS/Reprodução

A queda do avião foi presenciada na manhã deste domingo pelo Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) (11). O acidente ocorreu no Farol do Solão, em Mostardas, próximo à guarita 225. O avião caiu de uma altura de aproximadamente 40 metros.

Após o resgate aéreo realizado pelos bombeiros, ele foi levado ao Hospital de Urgência (HPS) de Porto Alegre. Segundo a empresa, “o homem teve uma parada cardiorrespiratória, mas a situação se inverteu”. No entanto, ele não sobreviveu e morreu no domingo.

A vítima foi identificada como Marco Antônio Serafim. A causa do acidente também não foi divulgada.

Como foi o resgate?

O piloto recebeu transporte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi levado até o helicóptero do CBMRS, na orla da praia.

O helicóptero saiu do comando geral do CBMRS, em Porto Alegre, próximo ao HPS. Ao chegar em Porto Alegre, a equipe do veículo de resgate da empresa dirigiu-se ao HPS.

+ There are no comments

Add yours