Líder de facção criminosa da Serra Gaúcha preso em Itapema/SC

Esta é a segunda operação integrada este ano entre as forças de segurança estaduais e federais que levou à prisão de líderes de facções. Em janeiro, outro criminoso gaúcho já havia sido preso no Rio de Janeiro.

Caxias do Sul/RS: Em nova ofensiva contra a recente onda de assassinatos ligados à guerra travada entre duas facções rivais que disputam o controle do tráfico de drogas na cidade, uma ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Federal levou à prisão de um dos criminosos o mais procurado pelas polícias e forças de segurança da região da Serra Gaúcha, identificado como líder de um desses grupos.

Por meio da troca de informações entre as instituições, o homem, que estava foragido há mais de um ano, foi localizado nesta quarta-feira (07/02) na cidade catarinense de Itapema e preso por policiais civis.

Considerado indivíduo de alta periculosidade, o preso já havia sido condenado pela Justiça a penas globais superiores a 34 anos de prisão, acusado de ter cometido crimes como assalto a banco, hospedagem, tráfico internacional de drogas, associação e detenção de narcotráfico, uso ilegal de arma de fogo de uso limitado, além de enfrentar atualmente outras duas ações criminais nas quais é acusado de ter cometido assalto a banco na cidade de Bento Gonçalves e de voltar a se envolver no tráfico de drogas.

Em maio de 2022, o condenado havia se beneficiado de progressão de regime para cumprir o restante da pena em regime aberto, com uso de tornozeleira eletrônica, mas pouco depois quebrou o aparelho e fugiu.

A ação mobilizou policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção Individual da Polícia Civil de Caxias do Sul e da Delegacia de Polícia Federal de Caxias do Sul.

Após os trâmites legais, o preso foi encaminhado ao sistema penitenciário do Estado de Santa Catarina, onde permanecerá à disposição da justiça.

+ There are no comments

Add yours