Inova 2024: conheça o planejamento para as regiões da Serra Gaúcha e Metropolitana e Litoral Norte

No âmbito da estratégia de descentralização e internalização das políticas públicas, o Programa Inova RS, da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sic), realizará diversas ações nos oito ecossistemas regionais de inovação de esteve ao longo deste ano. Nesta série especial, nós mostramos planejamento DE Tudo está bem registropara o para 2024, com foco em projetos, eventos e outras iniciativas.

NãoEsse segundo relação (confira o primeiro aqui)apresentamos a região Estufa GaúchaO que buscará promover a inovação no setor com uma série de conferências sobre inteligência artificial e desenvolver atividades de inovação social em Caxias do Sul e região Metrô e litoral norteO que planeja avançar projetos nas áreas de saúde, tecnologia da informação e comunicação, indústrias criativas e Educação.

Inova RS da região da Serra Gaúcha escolheu o turismo, as cidades inteligentes, a educação tecnológica e a indústria 4.0 como áreas prioritárias, com foco na qualidade de vida das pessoas e no desenvolvimento sustentável da região. A afirmação foi do chefe de Inovação e Tecnologia (GIT) As milhas RostirollA, A abordagem utilizada para desenvolver essas áreas fornece desenvolver parcerias entre instituições acadêmicas, empresas e organizações governamentais, investir em pesquisa e desenvolvimento, promover a educação tecnológica E incentivar o empreendedorismo e tem criar ambientes propícios à inovação.

A região tiveram novos projetos incluídos nos últimos editais de Sica ser desenvolvido a partir deste ano, nos setores agroalimentares, jogos digitais na educação e tecnologias para o empreendedorismo. Além disso, existem projetos em andamento que estão sendo monitorados de GIT, como o “Observatório da Cidade – Painéis de Dados Corede Serra”, proveniente da Consulta Popular 2019, do “Laboratório de Controle de Qualidade de Jogos Eletrônicos – UCSLabQA“, do aviso GameRS 2021, e o “Sistema de coleta de dados de dispositivos IoT (Detecção) para Cidades Inteligentes”da chamada Inova 2021.

Para aumentar inovação nmo setor industrial, a região investirá em parcerias estratégicas em 2024, apoiando um pipeline de conferências direcionado sou inteligência artificial e sua aplicação na indústria. No campo das cidades inteligentes, cooperação entre Sic E InternetSul que deve resultar avanços na conectividade muito Para A cidade quanto a ou campo.

Outra prioridade serão as atividades De inovação socialcom um projeto piloto de Sic em Caxias do Sul, focado em empreendedorismo inovador Nãoos bairros de Santa Fé, Fátima e Euzébio Beltrão de Queirós. Não é turismo, o projeto Sistema de informação turísticaconstruído pelo Inova RS Serra Gaúcha, passou a fazer parte do planejamento estratégico da política estadual de turismo do RS edará frutos.

A sétima reunião da Mesa do Ecossistema Regional de Inovação da Serra Gaúcha está prevista para o primeiro trimestre de 2024. Além disso, a região será dedicado em eventos estratégicos ao longo do ano, como Innovation Solo, ligada à Festa Nacional da Uva, em Caxias do Sul, ou Sul Scume Irmãoasilo, em Porto Alegre, a Cúpula de Gramado, em Gramadoe a Smarte CCity Expo, em Curitibaentre outros.

Região metropolitana e litoral norte

Inova RS na região metropolitana e litoral norte pretende intensificar ações direcionado à saúde, educação, economia criativa e tecnologias de informação e comunicação (TIC)sublinha GIT Yuri Ribeiro. A proposta é incentivar o empreendedorismo para desenvolver e atrair talentos e a aplicação de pesquisas acadêmicas e tecnológicas para resolver problemas práticos.

No setor saúde, o projeto “RS Saúde Digital” concluiu todas as fases executivas em dezembro de 2023 e, a partir deste ano, deverá entrar na fase de avaliação e reestruturação para definição de novas ações. A coleta de feedback está agendada para janeiro e fevereiro, e a decisão sobre os novos rumos deverá ser tomada em março. Em carimboEntre, a equipe participanele Do evento Health Meeting Brasilem Porto Alegre.

No setor de TIC, o projeto RS³ recebeu aprovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs) estender a data de conclusão para julho de 2024. A última fase está prevista para março, quando a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) disponibilizará a plataforma que integra ambientes de inovação. No momento, em abril, a plataforma será liberada para início de testes com usuários finais. A avaliação dos resultados alcançados com o projeto deverá ocorrer em julho.

Projetos nas áreas de educação e economia criativa são implementados em seis municípios da região: Montenegro, Novo Hamburgo, Santo Antônio da Patrulha, Canoas, Capão da Canoa e Gravataí. A Pesquisa de Nível de Conhecimento sobre o Uso de Tecnologias acontecerá de janeiro a março, em colaboração com o Sesi RS. A capacitação do programa Educar para Inovar está prevista para o mês de abril, da STIC. O programa Startup em maio Adolescentes Deve ser aplicado em pelo menos uma escola de cada município. Por fim, nos meses de junho e julho acontecerão capacitações com gestores públicos, focadas no desenvolvimento do potencial criativo das cidades.

+ There are no comments

Add yours