Estância Velha adere ao programa RS Qualificação para formação profissional

Estimated read time 3 min read

Na manhã desta quinta-feira (8), o prefeito de Estância Velha, Diego Francisco (PSDB), recebeu a visita do representante da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Profissional, Carlos Bonne. O objetivo foi confirmar a parceria entre o governo do estado e o município no programa RS Qualificação. A reunião contou com a presença do vice-prefeito Airton Haag, do secretário de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), Pablo Gomes, da coordenadora da agência SINE, Alcione da Silva, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Gabriel Berlitz, todos os envolvidos na execução do programa.

O prefeito Diego Francisco falou sobre a importância da parceria com o governo do estado e comemorou a adesão ao programa RS Qualificação. “Com tantos novos negócios chegando ao município, precisaremos muito de mão de obra qualificada, por isso estamos muito satisfeitos com o recurso destinado ao nosso município”, afirmou. Carlos Bonne, da Secretaria do Trabalho do estado, informou que Estância Velha é um dos 204 municípios beneficiados pelo programa. “Estou muito feliz por poder dotar minha cidade de recursos que certamente farão a diferença na vida de muitas pessoas”, afirma Bonne.

Qualificação RS

O programa Qualificação RS tem como objetivo promover projetos municipais para realização de qualificação e formação profissional. O recurso destinado ao município é de R$ 80 mil, que serão distribuídos em sete cursos ministrados pelo Senai, conforme informou Alcione da Silva, do SINE. Com este recurso, serão disponibilizadas 105 vagas em diversos cursos (veja lista abaixo), dando prioridade aos desempregados e inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais. Caso as vagas não sejam preenchidas por esse grupo, elas serão disponibilizadas aos trabalhadores que, ao continuarem trabalhando, desejam se qualificar para melhorar sua renda ou adquirir novos conhecimentos.

Enquete

A coordenadora do SINE, Alcione da Silva, explica: “Estamos em fase de levantamento, fazendo uma pré-lista de possíveis beneficiários dos cursos, que serão contatados”. O levantamento é feito por meio do cadastro do SINE e também do cadastro do SEDEST, das famílias em situação de vulnerabilidade social. As inscrições acontecem na primeira quinzena de março. Data, local e documentos necessários para inscrição serão comunicados posteriormente. “Ainda estamos em processo de ajuste de datas e locais”, explica Alcione.

Referências

O secretário da SEDEIT, Gabriel Berlitz, também falou sobre a ideia de envolver alguns empresários no processo de disponibilização de suas empresas para aulas práticas, além de deixar aberta a possibilidade de contratação imediata de alunos que concluírem os cursos. Está prevista uma aula inaugural com a participação de representantes do governo do estado, do município, estudantes, famílias e empresários que queiram se envolver no programa. “Dessa forma beneficiaremos a comunidade com capacitação e as empresas que contarão com mão de obra qualificada”, comemora o prefeito Diego Francisco.

Cursos que estarão disponíveis gratuitamente

Balconista – 15 vagas – 60 horas

Assistente de Expedição – 15 vagas – 40 horas

Auxiliar Administrativo – 15 vagas – 60 horas

Costureira – 15 vagas – 80h

Cortador de sapatos – 15 vagas – 40h

Análise e Interpretação de Desenho Técnico – 15 vagas – 40h

Operador de empilhadeira – 15 vagas – 56 horas

Foto: Cleberton Baruffi e Jefferson Cardoso/PMEV/Divulgação | Fonte: consultivo

Anúncio

+ There are no comments

Add yours