Do RS a Laguna: conheça os caminhos de Garibaldi até a proclamação da República de Santa Catarina

Estimated read time 5 min read

Do RS a Laguna: conheça os caminhos de Garibaldi até a proclamação da República de Santa Catarina“La Presa di Laguna”, maior espetáculo épico ao ar livre do Sul do Brasil, conta a história de Anita e Giuseppe Garibaldi, suas batalhas e fatos históricos brasileiros – Foto: Prefeitura de Laguna/Divulgação

Em março de 2024, o espetáculo épico “La Presa di Laguna” será mais uma vez apresentado ao ar livre no Centro Histórico de Laguna, no sul de Santa Catarina. A superprodução tem duração de duas horas e conta a história da revolucionária lagunar Anita Garibaldi, sua história de amor com Giuseppe Garibaldi e parte dos acontecimentos que marcaram a história do Sul do Brasil. O casal será representado pelos atores nacionais Thaís Melchior e Miguel Coelho.

O ápice da representação teatral, repleta de efeitos especiais e recursos multimídia, é o momento em que Garibaldi, junto com os farroupilhas, chega do Rio Grande do Sul para conquistar a cidade de Laguna. A cena também conta com tiros de canhão e promete surpreender o espectador.

Até à estreia de “A Tomada de Laguna”, no dia 13 de março, o ND Mais vai contar-vos um pouco dos factos históricos que estarão representados no espetáculo. No episódio de hoje vamos entender o que estava acontecendo no estado vizinho e que provocou a chegada dos farroupilhas a Santa Catarina.

Assim, o leitor-espectador prepara-se para o que em breve poderá ver ao vivo e a cores. Na verdade, os ingressos para o show já estão à venda.

Da luta pela unificação da Itália às batalhas de Farroupilha

Giuseppe Garibaldi chegou ao Brasil em 1836, fugindo de seu país natal, a Itália, onde havia sido condenado à morte por participar de uma guerrilha secreta pela unificação italiana. Chegando ao Rio de Janeiro, Garibaldi trouxe consigo ideais de independência que o fizeram conhecer Bento Gonçalves, mentor e líder da Revolução Farroupilha no Rio Grande do Sul e na época preso em solo carioca.

Garibaldi decidiu então entrar na luta dos farrapos, produtores de carne-seca, insatisfeitos com os altos impostos e os poucos investimentos do governo imperial, que queriam a independência política do Rio Grande do Sul do Império Brasileiro.

Em março de 2024, o espetáculo épico “La Presa di Laguna” será mais uma vez apresentado ao ar livre no Centro Histórico de Laguna – Foto: Prefeitura de Laguna/DivulgaçãoEm março de 2024, o espetáculo épico “A Tomada de Laguna” será mais uma vez apresentado ao ar livre no Centro Histórico de Laguna – Foto: Prefeitura de Laguna/Divulgação

Naquela época, Bento já havia iniciado confrontos entre os farroupilhas e as forças imperiais e a República Rio-Grandense, que incluía parte da região sul do estado, havia sido proclamada. Anos depois será a vez da República de Santa Catarina, pelas mãos de Garibaldi.

Nascido em uma família de marinheiros e com vasta experiência no mar, em 1838, o italiano foi nomeado comandante da Marinha Farroupilha. No esforço de expandir a revolução e conquistar uma cidade portuária, um grupo liderado por ele e David Canabarro se organizou para tomar Laguna, já que as principais rotas fluviais e portos do Rio Grande do Sul estavam sob controle do Império.

Do Rio Grande do Sul à captação de Laguna

Construídos os navios, o grupo zarpou em julho de 1839. No litoral de Santa Catarina, próximo ao rio Araranguá, uma tempestade afundou o navio comandado por Garibaldi. Alguns trapos foram salvos, inclusive o italiano, que conseguiu nadar até a praia e recebeu ajuda da população local.

As tropas imperiais já aguardavam e preparavam o ataque de Farroupilha à cidade de Laguna. O que eles não contavam era que Garibaldi atacaria a cidade pelas costas e à noite, surpreendendo seus adversários. Essa parte da história, porém, ficará para o próximo episódio.

Ingressos à venda

O espetáculo “A Tomada de Laguna” será apresentado nos dias 13, 14, 15, 16, 21, 22, 23, 28 e 30 de março, novamente às 19h, no cais do Mercado Público, no Centro Histórico de Laguna.

Os ingressos estão à venda no site, onde você pode escolher os espetáculos de 14 a 30 de março, já que o primeiro dia, 13, está reservado para uma ação solidária.

Os ingressos também estão à venda em 23 pontos de venda de 17 cidades do Sul de Santa Catarina e também do Rio Grande do Sul. Em Laguna existem dois pontos de venda: Recanto Surf, no município de Mar Grosso, e Loja Recanto, no Centro.

Onde está localizado e como chegar a Laguna

Laguna está localizada na região Sul de Santa Catarina, a aproximadamente 130 quilômetros de Florianópolis. O aeroporto mais próximo da cidade é o de Jaguaruna, a aproximadamente 50 quilômetros de distância. Para quem viaja de carro, veja abaixo as distâncias entre as diferentes regiões de Santa Catarina a Laguna e as principais vias de acesso.

Distância de Joinville a Laguna: 282 quilômetros. O acesso principal é pela BR-101, com pedágios ao longo do trajeto.

Distância de Blumenau a Laguna: 252 quilômetros, pela BR-101. Existem pedágios ao longo do percurso.

Distância de Florianópolis a Laguna: aproximadamente 130 quilômetros. O acesso principal é pela BR-101, com pedágios ao longo do trajeto.

Distância de Criciúma a Laguna: aproximadamente 95 quilômetros, pela BR-101.

Distância de Lages a Laguna: aproximadamente 240 quilômetros. Os principais acessos são pela SC-114 e SC-390.

Distância de Chapecó a Laguna: aproximadamente 575 quilômetros. O principal acesso atualmente é pela BR-282.

+ There are no comments

Add yours