O portal de conteúdo agrícola. Descubra: notícias atualizadas, previsões meteorológicas, cotações, sistemas especializados em produtos agrícolas, colunistas, comunicados gerais.

Estimated read time 2 min read

No Rio Grande do Sul, foram registrados 78 casos de raiva herbívora
Divulgação

No Rio Grande do Sul, foram registrados 78 casos de raiva herbívora

Houve diminuição da doença em relação a 2022



No Rio Grande do Sul, foram registrados 78 casos de raiva herbívora em 2023, distribuídos em 31 municípios do estado, conforme divulgado nesta segunda-feira pelo Programa de Controle da Raiva Herbívora da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) ( 12). /2), por meio do Relatório sobre Raiva 2023.

Em comparação com 2022, quando foram identificados 109 surtos em 37 municípios, houve redução no número de casos. No ano passado, o Centro Estadual de Diagnóstico e Pesquisa em Saúde Animal Desidério Finamor (IPVDF) confirmou testes positivos para raiva herbívora em 74 bovinos, três equinos e um ovino. Os meses com maior incidência foram maio, junho e agosto.

A principal forma de transmissão da raiva aos herbívoros ocorre através da picada do morcego vampiro Desmodus rotundus. Esses animais costumam habitar troncos de árvores, cavernas, ravinas rochosas, túneis e casas abandonadas.

Os produtores rurais são orientados a não tentarem capturar morcegos eles próprios quando encontrarem seus poleiros e a comunicarem imediatamente a localização desses locais à Inspetoria ou à Defesa Agropecuária do município.

A captura de morcegos é realizada exclusivamente por centros antirrábicos estaduais, devidamente treinados e vacinados contra a raiva. As equipes são convocadas pelos escritórios regionais do Departamento de Agricultura sempre que há alterações na raiva em herbívoros ou altas taxas de mordidas em animais de produção em uma determinada região.

Confira os municípios com casos registrados em 2023

  • Alegre
  • Bossoroca
  • Cascata Sul
  • Bom campo
  • Novo campo
  • Candiota
  • Capão do Cipó
  • Caraá
  • Dois Irmãos das Missões
  • Dom Feliciano
  • Sala Geral
  • Gravataí
  • Itaqui
  • Itati
  • Jaguares
  • Acumulação
  • Lavras do Sul
  • Nova esperança do Sul
  • Nova Roma do Sul
  • Parobé
  • Pedras altas
  • Porto Alegre
  • Redentor
  • Rio Pardo
  • Santa Maria
  • Santiago
  • Santo Antônio da Patrulha
  • São Francisco de Assis
  • São Miguel das Missões
  • Silveira Martins
  • Taquarà

A informação foi divulgada pela Secretaria de Agricultura do RS*

+ There are no comments

Add yours