HOSPITAL SANTA MARIA | SB Comunicações Mídia Digital

Com base no Boletim Epidemiológico disponível na 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (SES/RS), no período de 31 de dezembro de 2023 a 20 de janeiro de 2024, na área de abrangência da 17ª Coordenação, foram registradas um total de 36 notificações, sendo 7 descartadas. , 27 sob investigação, 2 casos importados confirmados.

A 17ª coordenação inclui 20 cidades, Ajuricaba, Augusto Pestana, Bozano, Campo Novo, Catuípe, Chiapetta, Condor, Coronel Barros, Crissiumal, Humaitá, Ijuí, Inhacorá, Jóia, Nova Ramada, Panambi, Pejuçara, Santo Augusto, São Martinho, São Valério do Sul e Sede Nova.

Em Panambi, foram notificados 6 casos nesse período, 1 caso positivo foi importado, 4 casos estão em investigação e 1 caso recebeu alta.

As informações estão disponíveis no site: SINAN online, dados extraídos em 22/01/2024 às 07h30.

Table of Contents

dengue

A dengue é uma doença febril aguda, sistêmica e dinâmica, que varia desde casos assintomáticos até quadros graves, incluindo óbito. Nos casos sintomáticos, a doença pode apresentar três fases clínicas: febril, crítica e convalescente.

A primeira manifestação é febre, geralmente acima de 38ºC, de início súbito e com duração de 2 a 7 dias, acompanhada de cefaleia, fadiga, mialgia, artralgia, dor retro-orbitária ou erupção cutânea. Quando a febre diminui (entre o 3º e o 7º dia após o início dos sintomas), a maioria dos pacientes recupera gradualmente. No entanto, alguns podem evoluir para
doença crítica, começando com sinais de alerta.

A dengue pode progredir até o desaparecimento dos sintomas, ou pode piorar, exigindo reavaliação e observação constantes, para que não ocorra intervenção oportuna e morte.


Quais são os sintomas da dengue?

Febre alta > 38,5ºC.

  • Dor muscular intensa.
  • Dor ao mover os olhos.
  • É ruim ser.
  • Falta de apetite.
  • Dor de cabeça.
  • Manchas vermelhas no corpo.

No entanto, a infecção pela dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso, isso pode levar à morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é febre alta (39° a 40°C), com crise súbita, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dores de cabeça, dores no corpo e nas articulações, além de prostração, fraqueza, Dor nas costas. . olhos, erupções cutâneas e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também aparecem manchas vermelhas na pele.

Na fase febril inicial da dengue, a doença é difícil de diferenciar. As formas graves da doença incluem dor abdominal intensa e persistente, vômitos persistentes e sangramento das mucosas. Ao apresentar sintomas, é importante procurar os serviços de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma abrangente e gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Sinais de alerta da dengue:

  • Dor de estômago;
  • Vômitos constantes;
  • Acúmulo de líquidos (ascite, derrame pleural, derrame pericárdico);
  • Hipotensão postural e/ou lipotimia;
  • Letargia e/ou irritabilidade;
  • Hepatomegalia maior que 2cm abaixo do rebordo costal;
  • Sangramento da mucosa e;
  • Aumento progressivo do hematócrito.

Preste atenção aos sintomas, mantenha o terraço limpo, sem locais para acúmulo de água, use repelente de mosquitos icaridina sempre que possível, e caso perceba sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

Montagem: Carline Horst – SB Comunicações

Fonte: 17ª Coordenadoria de Saúde Hospitalar

+ There are no comments

Add yours