Foi o presidente da Câmara Melo quem autorizou Viamão a despedir centenas de trabalhadores da CARRIS

Estimated read time 2 min read

A manchete “Sob nova gestão, Carris despediu 87 colaboradores” da Zero Hora/GZH, para não mudar muito, é bastante tendenciosa. Isto esconde um facto revelado no corpo do artigo: Foi Melo quem autorizou a empresa Viamão a despedir 230 trabalhadores desde o primeiro dia da CARRIS privatizada.

“Esses trabalhadores (87 pessoas demitidas em 01/02) fazem parte de um grupo de 230 profissionais que não têm garantia de estabilidade…”conforme explicado no Edital de Privatização assinado e publicado pelo Prefeito, lê a matéria no Conteúdo.

Com a aprovação da Zero Hora, Melo entrega as linhas de ônibus mais rentáveis ​​de Porto Alegre por um real e CARRIS é vendida por preço uma massa de terrana mesma lei autorizou a empresa Viamão a despedir pelo menos 230 trabalhadores da CARRIS, conforme consta do próprio artigo da Zero Hora.

Mas as pessoas só leem a manchete Zero Hora, passam na banca e só abrem uma ou duas páginas do jornal, porque é caro, vale o preço do ingresso. E na internet você também só lê as manchetes, porque para acessar a matéria inteira é preciso se inscrever.

É por isso que o preconceito dos “guardas do banco da enchente” se revela ao dizer uma coisa na Manchete e até explicar no conteúdo algo diferente do que está na Manchete.

Só há uma verdade neste assunto: as Empresas Privadas buscam o máximo lucro no menor tempo. As empresas públicas existem para fornecer serviços de qualidade à comunidade que as empresas privadas não podem oferecer devido à sua busca pelo lucro.

A CARRIS PÚBLICA é a melhor empresa de transporte público do Brasil há vários anos consecutivos. Isso aconteceu quando o PT Olivio Dutra, Tarso Genro, Raul Pont e outros comandavam a Prefeitura. porque este é um momento em que o prefeito se preocupa mais com as pessoas em comparação com os seus próprios interesses e os interesses dos seus amigos, como é o caso actualmente.

+ There are no comments

Add yours