Fepam revela locais inadequados para tomar banho em hospitais

Estimated read time 2 min read

Imagem Torres. Foto: Renato Soares – MTUR

A Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) declarou nesta sexta-feira (19) locais impróprios para banho no Rio Grande do Sul.

Dos 87 pontos analisados ​​no país, 72 pontos estavam em condições adequadas e 15 pontos estavam em condições inadequadas. Devido ao impacto do temporal que atingiu o Rio Grande do Sul nesta semana, não foram divulgados resultados para a Lagoa do Peixoto, em Osório.

“Em relação aos três pontos de monitoramento em Viamão, os dados serão divulgados na segunda-feira (22)”, disse a Fepam.

Leia também

Para identificar se as condições balneares de um local são adequadas, são analisados ​​dois indicadores:

  • Escherichia coli (E.coli), bactéria cuja presença abundante na água indica contaminação fecal;
  • cianobactérias, ou algas azuis, que podem crescer na superfície de qualquer fonte.

Locais com condições inadequadas:

  • Candelária: Balneário Grande Carlos – Rio Pardo
  • Dom Pedro: Praia Passo Real – Rio Santa Maria
  • absorver: Santa Terezinha – Rua Farroupilha
  • absorver: Mariluz – Av. Mariluz
  • Pelotas: Valverde-Trapiche
  • Pelotas: Valverde – Senador Av. Joaquim A. de Assunção
  • Pelotas: Santo Antônio – Rua Bagé
  • Pelotas: Balneário dos Prazeres
  • Pelotas: Santo Antônio – Av. Rio Grande do Sul
  • Pelotas: Santo Antônio – Restaurante
  • Santa Vitória do Palmar: Barra do Chuí
  • Santa Vitória do Palmar: Porto Spa – Lagoa Mirim
  • Torres: Praia da Cal – Av. Independência
  • Tramandaí: Jardim Atlântico – Rua das Alamandas
  • Xangri-lá: Rainha Do Mar – Campo de Férias Banrisul

+ There are no comments

Add yours